Tag Archives: Mazinho

Prazer, Thiago Alcântara

29 jul

Durante a recente história do futebol mundial, muitos garotos têm surgido com a alcunha de serem os sucessores de craques já consagrados, ou até de craques que estão atualmente vivendo o auge de suas carreiras. Quantos “novos Maradonas” já não existiram? Gallardo, Aimar, Saviola e até o próprio Messi já desfrutaram das comparações e esperanças de serem o novo Pibe; Com a rápida consolidação de Messicomo um dos maiores da história, a moda agora já é tentar achar os “novos Messis”.

Não diferente de Maradona, Zidane deve ter sido um dos – senão o – que mais sofreu com a busca por seus jovens discípulos – Gourcuff, Nasri, Rothen, Ribéry e tantos outros já passaram pelo “teste” de serem os “Zidanes da nova nova geração”. Seu filho Enzo, de 16 anos, sofre precocemente com o assédio e com certeza não passará batido durante a carreira sem ser comparado a seu pai, ainda mais no Real Madrid onde seu pai brilhou. Isso se não trilhar caminho parecido com o de Thiago Alcântara, filho de Mazinho (deixando de lado aqui comparações entre Zidane e o pai de Thiago).

O jovem jogador, revelado nas canteras do Barça, vem encantando com um bom futebol e espiríto de liderança suficientes para que sem dúvidas, em um futuro próximo, integre de vez os planos de Guardiola para o melhor time do mundo. Ainda novo, porém maduro, o grande objetivo do volante de apenas 20 anos é, aos poucos, fazer com que cada vez mais deixe de ser o ‘filho de Mazinho’, campeão do mundo em 94, para ser apenas ‘ Thiago Alcântara’. E não deve demorar pra que “esqueçam” o pedigree de vitorioso que Thiago carrega.

Thiago, volante, fala com Pep Guardiola, ex-volante: choque de gerações do Barça.

De mesma posição que o pai (assim como Enzo e Zidane), Thiago entrou em campo pelo Barça em algumas partidas da temporada passada (12 no total), chegando a marcar dois gols com a camisa culé. De futebol refinado e bom passador, Thiago parece ser a bola da vez das categorias de base da equipe catalã. Em torneio realizado há poucos dias na Alemanha, Thiago foi o líder de um Barça cheio de garotos como ele, levando o grupo ao título sem contar o gol marcado contra o Internacional-RS e os dois tentos diante do Bayern; um deles um golaço de fora da área, garantindo a conquista da – inexpressiva – Copa Audi. Confira o golaço:

O garoto, que poderia trilhar os caminhos do pai chegando, quem sabe, à seleção brasileira, parece ter um destino totalmente diferente. Para aqueles brasileiros que conhecem o seu talento, só resta lamentar . Thiago, nascido na Itália e naturalizado espanhol e brasileiro, optou por fazer parte das seleções de base da Espanha e como já declarou algumas vezes, não tem ambições de defender o Brasil pela equipe principal. Recentemente, Thiago participou da campanha da Fúria na Euro sub-21, que contou com gol do brasileiro na final diante da Suíça, ajudando a equipe a conquistar o título e confirmando mais uma vez o excelente momento do futebol espanhol.

Thiago com a camisa da Fúria. Opção pela camisa vermelha ao invés da amarela.

Com seus bons desempenhos ainda jovem, é quase uma certeza que Thiago chegará ao time principal da Espanha e fará sucesso. Afinal, revelado pelo Barça, já entende desde cedo a filosofia de jogo do clube que é base da seleção campeã da Euro, em 2008, e do Mundial no ano passado, facilitando assim sua adaptação a um eventual futuro na equipe principal. Já para os torcedores da seleção brasileira, fica a dor por saber da preferência de Thiago pela Fúria, pensando hoje em uma seleção que se projeta para contar em 2014 com Lucas Leiva, Ralf, Elias e Elano. “Es una lástima”, diriam para nós os espanhóis, que hoje contam com o melhor futebol do mundo, e mais do que tudo, com um futebol gritantemente superior ao nosso ao ponto de atletas como Thiago ‘dispensarem’ uma possível carreira com a amarelinha. Seu futuro parece estar mesmo na Espanha, e que futuro que a Fúria o reserva!

%d blogueiros gostam disto: